Pôr os miúdos a ler: prepare o terreno e dê o exemplo

Pôr os miúdos a ler 1

Ler regularmente tem um impacto positivo enorme. Ler, por exemplo, estimula o desenvolvimento e a saúde do nosso cérebro e faz de nós melhores seres humanos. Estimular os miúdos a ler desde a mais tenra idade é, só por estas duas razões, uma missão fundamental que os pais, encarregados de educação e educadores em geral têm em mãos.Contudo, quase tão antiga quanto a existência dos livros é a queixa, por parte dos mais velhos, de que os miúdos não gostam de ler. Se antigamente os estímulos vindos do exterior exerciam o seu fascínio (afinal, que coisa poderia ser mais estimulante do que passar horas a brincar na rua com um bando de amigos?), hoje em dia os pais queixam-se da hegemonia da televisão, dos videojogos, e da divagação sem propósito pela net à qual se acede facilmente a partir de um telemóvel ou tablet.

A pensar em todos os que querem pôr os mais novos a ler mas encaram algumas dificuldades, publicarei nos próximos tempos uma série de três posts com dicas que podem ajudar. Comecemos por preparar o terreno e dar o exemplo:

1. Tenha livros em casa – As crianças que crescem em casas com muitos livros lêem mais. Exponha bons livros em diferentes partes da casa. As estantes ficam bem em qualquer divisão. Sim, até na cozinha e na casa de banho! É importante é que os seus filhos percebam que os livros ocupam um lugar importante na casa.

2. Rodeie as crianças de outros materiais de leitura – Para além dos livros, disponibilize em casa revistas, jornais e outros materiais adequados à faixa etária e ao nível de leitura das crianças.

3. Prepare-lhes um “cantinho da leitura” – Encha o quarto dos miúdos com livros. Arranje uma estante apenas para os seus livros. Coloque um pequeno sofá, um pufe ou um conjunto de almofadas junte à estante ou num espaço do quarto que possa transformar num canto acolhedor e propício à leitura. Não esqueça uma boa iluminação natural durante o dia e um candeeiro para a noite.

4. Dê o exemplo: leia! – Filho de peixe sabe nadar. Os pais que lêem mais têm filhos que lêem mais. Por isso leia de forma ostensiva. Compre livros e certifique-se de os seus filhos sabem disso. Não reserve o seu momento de leitura para depois dos miúdos irem para a cama; leia na presença das crianças e faça com que eles percebam que gosta de ler e o quanto isso é importante para si. Os mais novos precisam de saber que os adultos que fazem parte das suas vidas gostam de ler e se preocupam com isso.

5.Ofereça-lhes um cartão de leitor – Portugal tem uma excelente rede de bibliotecas públicas, concebidas de raiz para o efeito, com projectos de arquitectura em que tudo foi pensado em função do livro e do leitor. Os acervos são vastíssimos e todos os empréstimo gratuitos. Inscreva os seus filhos na biblioteca da cidade onde reside para que tenham um cartão de leitor. Enalteça esse documento e faça com que os miúdos se sintam orgulhosos por possuí-lo.

Dentro de dias haverá um novo post com dicas para, depois de preparado o terreno, estimular nos mais pequenos o hábito de ler.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s