Tempo de balanços

Chego ao final do ano e constato que, de novo, pude usufruir de qualidade de vida dedicando-me em exclusivo a uma actividade que me apaixona e que é quase inédita na forma como a pratico em Portugal: a Biblioterapia. Sinto uma enorme gratidão por todas as pessoas e instituições que confiaram em 2022, e continuarão a confiar em 2023, no meu trabalho. A alegria e o privilégio de trabalhar para vós e convosco aliviam-me da responsabilidade que sinto.

O ano que termina constitui, no respeitante à minha profissão, um momento marcante: terminei em Setembro a Pós-Graduação em Biblioterapia e Mediação da Leitura Literária pela Unochapecó —Universidade Comunitária da Região de Chapecó, no Brasil. Para além da confirmação dos meus conhecimentos e competências nesta área, esta experiência implicou aprendizagens surpreendentes e o estreitar de laços com professores e colegas excepcionais, seres humanos sem os quais os meus dias seriam mais pobres. Desta nova aventura académica resultou a decisão de continuar a investigar, a estudar, a pensar e a escrever sobre Biblioterapia.

A par do estudo, no qual investi muitas horas de leitura, reflexão e escrita (o conjunto dos trabalhos que redigi perfaz 150 páginas num documento Word), este foi igualmente um ano de muito trabalho já maioritariamente presencial, mas também online. Dinamizei uma dúzia de oficinas e de acções de formação na área da Biblioterapia e da promoção da leitura, levei a Biblioterapia a uma dezena de escolas, organizei e fui anfitriã do segundo Retiro de Leitura na óptica da Biblioterapia, participei em festivais de literatura e até num congresso médico onde palestrei sobre Biblioterapia, mantive a dinamização dos encontros mensais do Clube de Leitura d’ A Biblioterapeuta, marquei presença em “lives” nas redes sociais e noutros eventos em plataformas digitais.

Para além dos clientes que acompanhei individualmente nas suas necessidades, o meu reconhecimento vai também para as seguintes instituições e os profissionais que as representaram nos seus contactos comigo: a Bertrand Livreiros, as Bibliotecas Municipais de Oeiras e as escolas secundárias do concelho, a Fidelidade Seguros, a ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, a Escola Secundária da Maia, o Núcleo de Estudos de Medicina Paliativa – NEMPal, o ISEP – Instituto Superior de Engenharia do Porto, a aicep Portugal Global – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal e o INOV Contacto – Estágios Internacionais, a Biblioteca Municipal de Alcobaça e as escolas do concelho, a livraria Palavra de Viajante e o Festival de Literatura de Lisboa, o programa Educação à Escuta e a Universidade de Aveiro, a Mindshake House, o IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, I.P. e os seus formandos, a Biblioteca Municipal Tomaz de Figueiredo em Arcos de Valdevez, a Biblioteca Municipal Porto Mós, a Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço na Guarda, a Biblioteca Municipal de Beja – José Saramago e o seu festival Palavras Andarilhas e a revista literária Palavrar (perdoem-me algum esquecimento, mesmo depois da pesquisa exaustiva na minha agenda…).

Porque continuou a trabalhar em 99% dos projectos absolutamente sozinha, a produção de conteúdos para o blogue ficou prejudicada. Peço-vos desculpas por isso, porque sei que frustro as vossas expectativas, mas esta vida no digital é muito exigente (quase escravizante…) e torna-se acessória quando outras responsabilidades (e são muitas!) se impõem. Encontram-me com mais regularidade no Facebook e no Instagram d’ A Biblioterapeuta onde vou partilhando reflexões sobre os livros que leio, divulgo as minhas oficinas e dou destaque a inúmeros conteúdos relacionados com a Biblioterapia e a promoção/mediação da leitura no geral. Passem por lá e digam-me olá. 🙂

Que ano incrível! Que privilégio tê-lo partilhado convosco! De novo, muito, muito obrigada pelas oportunidades que me deram. A todas e a todos sem excepção, a quem interagiu comigo ao longo destes trezentos e sessenta e cinco dias, desejo um excelente 2023!

Bem hajam e até já!

Advertisement

2 thoughts on “Tempo de balanços

  1. Parabéns pelo seu trabalho!Gosto muito de ler o que escreve e de seguir as suas sugestões de leitura!Desde que veio a Bragança, que a sigo. Desejo-lhe o maior sucesso e um Feliz Ano Novo!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s