Ler em voz alta: benefícios gerais

No post anterior recorri a um par de capítulos de “Uma História da Leitura”, de Alberto Manguel, para recordar como a Humanidade, na sua evolução, deixou de ler em voz alta para passar a fazer uma leitura silenciosa. Contudo, hoje em dia assistimos a um ressurgimento da leitura em voz alta — que eu, como Biblioterapeuta, tenho o privilégio de testemunhar em primeira mão — o que é uma excelente notícia já que essa prática Continue reading “Ler em voz alta: benefícios gerais”

Ler em voz alta: um pouco de história

Passado um ano sobre o início da minha atividade como Biblioterapeuta, verifico que grande parte dos projetos biblioterapêuticos em que me tenho envolvido estão relacionados com a leitura em voz alta. Quer como voluntária, quer como profissional, ler em voz alta para outros ou providenciar informação a quem vai ler em voz alta por alguma razão passou a fazer parte da minha rotina.

Tem sido entusiasmante testemunhar em primeira mão o revivalismo da leitura em voz alta, que vai muito para além da tradicional Hora do Conto que acontece em quase todas as bibliotecas nacionais. Aliás, à excepção de um projecto, todos os outros para os quais contribuí de alguma maneira no último ano não estão pensados para crianças, mas sim Continue reading “Ler em voz alta: um pouco de história”