Listas! Listas! Listas!

Tenho muito para partilhar acerca do 1.º Retiro de Leitura Bertrand, que aconteceu na Quinta de Seves, perto da Covilhã. Mas para saberem dos detalhes, peço-vos que aguardem pela publicação de um texto, noutro local que não neste site, do qual vos darei conhecimento atempadamente. Fica prometido.

Por enquanto, posso contar-vos que entre a sessão de esclarecimento sobre a Biblioterapia, as sessões individuais de Biblioterapia, os pequenos-almoços, os almoços, os lanches, os jantares, a tertúlia com José Riço Direitinho (o autor convidado a juntar-se a nós por umas horas) e as muitas conversas entre os participantes, se houve coisa que todos fizeram durante aquelas inesquecíveis 48 horas foi tomar nota de livros que ainda não leram, o que resultou em listas de tamanhos consideráveis.

Todos excepto eu, que apenas memorizei algumas recomendações nos breves intervalos das minhas funções de dinamizadora do evento e de biblioterapeuta. Porém, os participantes neste primeiro retiro — “Os Pioneiros”, como gosto de chamá-los com carinho — não quiseram que eu regressasse a casa de mãos vazias. Com o contributo de todos, construíram uma lista de leituras especialmente pensada para mim. Ei-la (sem os três ou quatro títulos que eu já li):

  1. A Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein
  2. A Biblioteca à Noite, de Alberto Manguel
  3. A Coisa à Volta do Teu Pescoço, de Chimamanda Ngozi Adichie
  4. A Filha de Estaline, de Rosemary Sullivan
  5. A Mão Que Nos Opera, de Atul Gawande
  6. As Cinzas de Ângela, de Frank Mc’Court
  7. As Filhas do Capitão, de Maria Dueñas
  8. Canadá, de Richard Ford
  9. Novelas Exemplares, Miguel de Cervantes
  10. Esta é a Minha Terra, de Frank Mc’Court
  11. História do Rei Transparente, de Rosa Montero
  12. Isto Vai Doer, de Adam Kay
  13. Le Corbusier: a life, de Nicholas Fox Weber
  14. Longe do Abrigo, de David Lodge
  15. Moscow Nights, de Nigel Cliff
  16. Narciso e Goldmund, de Hermann Hesse
  17. Niketche, de Paulina Chiziane
  18. O Amante Japonês, de Isabel Allende
  19. O Animal Moribundo, de Philip Roth
  20. O Arco-Íris da Gravidade, de Thomas Pynchon
  21. O Professor, de Frank Mc’Court
  22. O Tempo Entre Costuras, de Maria Dueñas
  23. Os Factos, de Philip Roth
  24. Os Homens Bons, de Arturo Perez Reverte
  25. Perguntem a Sara Gross, de João Pinto Coelho
  26. Ser Mortal, de Athul Gawande
  27. Sinais de Fogo, de Jorge de Sena
  28. Uma Coisa Supostamente Divertida Que Nunca Mais Vou Fazer, de David Foster Wallace

Já leram algum? Por onde devo começar? Admito que adorei as primeiras páginas do livro de David Foster Wallace. Mas as vossas sugestões serão muito bem-vindas.

Obrigada e boas leituras!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s